Inteligência Artificial aplicada à Indústria 4.0

O impacto transformador das tecnologias digitais vem gerando novas experiências, novas oportunidades e novos modelos de negócio. Hoje, a jornada de digitalização é uma realidade que se impõe e que vem ganhando cada vez mais espaço no radar das indústrias que desejam se manter competitivas.

Com o avanço da transformação digital, observa-se uma busca para incorporar inovações e abordagens focadas na geração sistêmica de valor. Nessa toada, a Inteligência Artificial (IA) emerge e traz consigo a possibilidade de empresas repensarem a relação com ecossistemas, criando produtos de maior qualidade, em ritmo e volumes alinhados às demandas de consumo, com níveis cada vez maiores de eficiência. E este é um dos grandes saltos tecnológicos para a Indústria 4.0.

Falar em IA aplicada a processos industriais não é coisa de outro mundo ou fora do alcance e, na grande maioria dos casos, é algo que está muito mais próximo das empresas do que se imagina. Aliás, o uso desse tipo de ferramenta está presente em muitas rotinas de manufatura, permitindo ganhos de produtividade e redução de custos e desperdício de recursos.

IA + Indústria = eficiência

Esse cenário de benefícios se materializa de maneira mais intensa quando pensamos que ambientes industriais estão cada vez mais permeados por dispositivos interconectados, que se espalham para toda a cadeia de produção e de logística. Isso cria uma base estrutural que faz com que os processos produtivos tornem-se mais inteligentes em escala.

Toda essa interconexão habilita um modelo de manufatura mais digital, uma vez que possibilita a coleta, armazenagem e processamento de um enorme volume de dados. A aplicação de IA nesse contexto adiciona uma camada extra de valor, permitindo transformar essa massa de informações em insights e ações que levem as operações a um outro patamar de eficiência.

No fim do dia, com mais e melhores informações disponíveis, a Inteligência Artificial aplicada à Indústria ajuda a lidar com processos repetitivos, possibilitando otimizações em escala e liberando os recursos mais valiosos para que foquem em atividades mais estratégicas dentro do processo. Um ponto interessante, ainda, é que com a Indústria 4.0, esse cenário se expande desde o chão de fábrica até os processos corporativos a partir de uma pirâmide de automação para geração sistêmica de valor.

Evolução e maturidade

O uso das tecnologias digitais tem totais condições de agregar valor e trazer ganhos tangíveis e intangíveis para as organizações. Porém, o entendimento tecnológico correto passa por um novo mindset, onde gestores e operadores compartilham uma visão integrada e passam a entender o negócio como um todo. Soma-se a esse ponto a identificação por parte das empresas quanto ao estágio de maturidade dentro dessa jornada de transformação.

Tradicionalmente, a indústria busca padrões e disciplinas que se consolidam com o tempo. Assim, se por um lado, o discurso de mudança ou aplicação de inovações pode parecer simplista, por outro, a assimilação de novos conceitos exige uma visão clara do que está no horizonte, buscando soluções práticas, viáveis e de impacto incremental ao longo dos ciclos de desenvolvimento.

Dentro desse cenário, a implantação de ferramentas de IA habilita processos mais inteligentes ao mesmo tempo que automatiza a tomada constante de decisões repetitivas, permitindo a integração entre diferentes setores dentro da fábrica, com mais visibilidade, agilidade e autonomia.

À medida que a inovação permite abordagens industriais mais inteligentes, é possível estabelecer novos parâmetros para o planejamento e a construção de modelos produtivos mais eficientes, gerando um mix de produtos com maior valor agregado e atendendo às expectativas dos gestores que desejam fortalecer a relação com os clientes e bater grandes metas.

Buscar a aplicação de tecnologias inteligentes que tragam mais eficiência à indústria está no seu radar? Então, conheça a I.Systems e conte com o melhor parceiro em IA para a indústria 4.0.

Bitnami