Poucas empresas estão prontas para os desafios digitais do pós-pandemia

A consultoria McKinsey & Company ouviu líderes de cerca de 200 empresas de diversos setores em 2020 para saber suas percepções sobre os desafios da crise da covid-19, suas consequências no mundo dos negócios e no comportamento do consumidor. Mais de 90% dos executivos que participaram do levantamento acreditam que as consequências da pandemia mudarão totalmente a forma como suas empresas fazem negócios nos próximos cinco anos, e praticamente o mesmo número concorda que essas mudanças terão um impacto duradouro na vida de seus clientes. 

Entretanto, muitos deles enxergam que suas companhias perderão competitividade nesse cenário, justamente por não conseguirem se enquadrar ao novo momento. Ainda segundo o levantamento “Innovation in a crisis: Why it is more critical than ever”, menos de 30% das organizações e seus executivos se disseram confiantes e acreditam que possuem experiência e recursos para encarar os desafios atuais.

Nós já falamos aqui no blog sobre como IA pode gerar valor para a indústria e de como empresas que fizeram investimentos em inovação industrial já começaram a ter retorno. Porém, sabemos que tantas outras empresas não só adiaram esses movimentos como ainda se sentem inseguras em dar o próximo passo. E a pesquisa da McKinsey reforça esse cenário.

Os profissionais ouvidos no estudo da consultoria disseram que, antes de pensar em inovação, estão focados em implementar ações que fortaleçam os negócios principais atuais, buscar oportunidades em espaços conhecidos, economizar dinheiro e minimizar riscos até que “haja mais clareza” no horizonte. 

Independentemente de haver uma postura mais conservadora frente a projetos de inovação, alguns setores sabem que investimento nesse tipo de projeto será obrigatório para manter a competitividade. Isso se torna mais latente em alguns setores industriais. 

Uma pesquisa da Deloitte mostra que 70% das empresas de agronegócio devem ampliar ou criar ações de Pesquisa e Desenvolvimento. Além disso, 64% indicam que vão ampliar ou criar parcerias com startups. Nesse contexto, a maioria das companhias que participaram do levantamento afirmou que manteve ou aumentou investimentos em tecnologia durante a crise.

Uma nova mentalidade

Traçando um paralelo com o que foi apontado como o pensamento dos executivos frente aos desafios esperados em um período pós-Covid 19 pela McKinsey, quatro planos de ação aparecem como mais urgentes nesse momento: 

  • Adaptar o core business para atender às mudanças nas necessidades dos clientes.
  • Identificar rapidamente novas oportunidades que estão sendo criadas pelo cenário em mudança.
  • Reavaliar o portfólio de iniciativas de inovação garantindo que os recursos sejam alocados adequadamente.
  • Construir a base para o crescimento pós-pandemia, a fim de se manter competitivo no período de recuperação.

Mas como lidar com a sensação de falta de recursos e de experiência para fazer essa virada? Com a experiência que temos atendendo diversas empresas do setor industrial, sabemos que a criação de cases bem fundamentados e a busca por parceiros estratégicos resolve grande parte dos quatro pontos apresentados acima. 

Sua empresa quer estar pronta para esse mundo pós-pandemia? A I.Systems é especialista na aplicação de Inteligência Artificial para a indústria. Nosso time e nossas soluções ajudam a tornar o mundo mais eficiente, com equipe altamente qualificada, tecnologias exclusivas e patenteadas.

Agende uma conversa com nosso time de especialistas que podemos entender como ajudá-lo a resolver seus desafios atuais e futuros, clique aqui.

Bitnami